PROFESSORES

A situação dos professores da rede estadual do Maranhão continua complicada, pois o sindicato insiste em fazer um acordo que contraria os interesses da categoria. O professor Magno Urbano nos remete informações chegadas da Ilha Capital: "Os professores rumaram em passeata até o Palácio dos Leões, após assembléia que deliberou pela suspensão das atividades por tempo indeterminado, e foi feita a denúncia de que o sindicato se alinhou com o governo e tentou aprovar um acordo danoso para a categoria". O governo do estado brinca com fogo, pois o povo de Sarney já tem uma tradição de maltratar o funcionalismo, com tantas greves a coisa piora muito. De volta ao baralho, digo, ao trabalho.

3 Response to "PROFESSORES"

  1. Jorge Antonio says:

    O movimento de oposição de São Luís ao sindicato, apronta mais uma, em não aceitar ser coerente em decisão da maioria da categoria do Estado, não contribui antes, objetiva atacar pessoalmente os dirigentes e as forças políticas que a eles pertencem, no intuito de querer na marra tomar a entidade.

    Anônimo says:

    Com 10% o Governo oferta 0,70 centavos no valor hora aula do professor...
    Os policiais foram reajustados em 20% (muitos não tem graduação,pós,mestrado ou doutorado) embora devam receber condignamente.
    A lei determina 19,61%. O Estado oferta 10% !!!
    A UEMA teve reajuste anterior, mas a Rede Estadual de Ensino do mesmo estado do Maranhão, ficou a ver navios.(poderiam ter repassado o mesmo índice?)
    Afora isso o Blog do Itevaldo (o salário dos desembargadores do TJ-MA pagam o salário dos professores do estado) denuncia os gordos salários do TJ MA. Duas dezenas de Desembargadores e subalternos pagariam os 8.000 professores do Maranhão.Desconheço o cálculo mas esse informe preocupa aqueles que sonham com melhores condições de vida a todos.
    Outra fonte elucidativa é o Jornal Pequeno já nas bancas...
    Acredito que a governadora terá sensibilidade equiparando o salário dos professores ao índice de 20% ofertado à Segurança Pública.
    Não deverá cair no mesmo erro do governo anterior...
    Educação não se faz com esmolas...
    prof.Magno Urbano

    Anônimo says:

    Jorge Antonio, se o sindicato dos professores está atrelado ao governo, nada mais lógico do que a base do sindicato, que são milhares de professores, sairem as ruas reclamando seus direitos.

    Observe no teu contra-cheque que o salário teu de 7 anos atrás é o mesmo. Ou seja teu rendimento(logo acima na primeira linha) correspode a quase 600,00 reais.

    Bem diferente do salário dos políticos, secretários, médicos, delegados,juizes etc. Bem diferente de uma lata de leite em pó cujo "salário foi nutritivamente reajustado" nesses 7 anos.

    Professoras e professores estão mais que certos. Essa esmola de centavos foi obra das quatro paredes e não dos professores na rua.Como uma minoria pode determinar a vida da maioria?

    Os professores não querem "tomar na marra o sindicato" isso é inconstitucional. Os professores querem dignidade e não serem coisificados como uma lata de leite...

    prof.Dr. Borduna Bolchevique

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme