GREVE NA RECEITA I

No dia da abertura da Semana da Pátria, o staff prefeitural foi surpreendido por uma manifestação dos funcionários da receita municipal em frente ao Palácio Renato Moreira. O comando da greve resolveu descentralizar as manifestações e também promoveu um enterro simbólico do prefeito em frente à Praça da Bíblia, quando do desfile de estudantes. No 7 de setembro, a coisa vai engrossar.
Com essa intransigência do governo tucano, o movimento se fortalece a cada dia e novas lideranças são formadas. A presidente do sindicato virou uma estrela do movimento, liderando os grevistas e concedendo entrevistas em busca de apoio popular. Pressão, ameaças e corte de ponto dos grevistas parece que não surtiram os efeitos desejados.

9 Response to "GREVE NA RECEITA I"

  1. Denilson says:

    Professor, um apresentador de TV da cidade me confidenciou que os grevistas estão preparando uma CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS, pois o prefeito cortou o salários de todos.
    Disse que o pessoal vai montar acampamento na Praça Brasil e Praça de Fátima onde receberão as doações.
    Eu vou colaborar e o Senhor?

    Anônimo says:

    O INTERESSANTE É QUE A MAIORIA DESSES FUNCIONÁRIOS AI DA RECEITA HOJE EM GREVE, SE DEGLADIANDO COM O PREFEITO POR UM MÍZERO AUMENTO EM SEUS VENCIMENTOS, FORAM AGUERRIDOS ELEITORES E CABOS ELEITORAIS DO PREFEITO, LEMBRO-ME OLHANDO OUTRO DIA UMA MANIFESTAÇÃO DELES, ROSTOS CONHECIDOS NAQUELAS CARREATAS DA VITÓRIA ARRASTANDO MALAS PELAS RUAS DE IMPERATIZ COM AQUELE MÚSICA CHATA : ARRUMA MALA AI...ATÉ DISCIDENTES DO PT QUE VOTARAM EM MADEIRA , APOIARM MADEIRA EM VEZ DO JOMAR(O MAIOR EXEMPLO O DEP. ESTADUAL VALDINAR BARROS), AGORA ESTÃO TODOS ARREPENDIDOS.LEMBRO DE UM DITADO POPULAT MUITO FALADO PELA MINHA AVÓ: BEM FEITO DE VOCÊ ESTÁ PASSANDO FOME, QUEM FOI QUE MANDOU VOTAR NO HOMEM.
    Raimundo Nonato - Sta Rita

    josé says:

    O nome do boneco que está no caixão, é Zé Receita uma alusão ao Zé Buracão que ficou famoso no Brasil. Ontem no Bairro Bacuri, o Zé Receita foi aplaudido, fotografado, filmado só não deu entrevistas nem autografos, mais que fez um sucesso isso ele fez, o mesmo aconteceu no desfile da Vila Lobão. No Dia 7 de setembro, ele irá sair na escola dos excluídos.

    Reginaldo says:

    Pequena síntese acerca dos ultimos fatos atinentes a greve:

    INÍCIO DA NEGOCIAÇÃO
    Só após o 16º dia de paralisação, uma Comissão da Administração procurou ENFIM o movimento para apresentar um ESBOÇO de proposta onde manifesta a INTENÇÃO da elaboração de legislação salarial e estrutural especifica para os servidores da Receita Municipal.
    Mesmo sem ABSOLUTAMENTE NENHUMA GARANTIA os servidores ACEITARAM a intenção de proposta, pedindo APENAS algumas simples condições de não prejuízos aos servidores grevistas para o retorno às suas atividades, a saber:
    - Nenhuma retaliação aos servidores em razão da greve;
    - Nenhuma diminuição da remuneração atualmente paga;
    - Não corte de ponto com colocação de faltas nos dias de greve.
    Todavia o Secretário da Receita Municipal, o Sr. Liberato juntamente com a Comissão de Negociação indicada pelo Prefeito Madeira, foram enfáticos ao afirmar que NÃO NEGOCIARIAM COM SERVIDORES EM GREVE mostrando toda a sua INTRANSIGÊNCIA e OPRESSÃO.
    Como se não bastassem todas as medidas de repressão e o SALÁRIO DE MISÉRIA, o Prefeito Madeira AINDA DESCONTOU MAIS DA METADE DO SALÁRIO, aplicando faltas aos dias de paralisação; sendo que o movimento é legítimo e os dias de paralisação foram causados principalmente pelo autoritarismo, indiferença e intransigência do Prefeito Madeira e do Secretário Liberato diante dos graves problemas enfrentados pelos servidores.

    Resumindo o texto supra, realmente houve um sinal verde entre as partes pertinente ao fim do impasse, no entanto quando tudo se encaminhava para a resolução do imbróglio, houve uma atitude inesperada por parte da Administração Municipal, ou seja, por intransigência, sentimento de vingança ou golpe a traição mesmo, cortaram o ponto dos servidores os deixando a míngua, sendo que teve servidores com mais de 23 anos de serviços prestados a SEFAZGO que recebeu apenas R$ 14,00 de salário, isto é um desrespeito e disparate a pais e mães de familia que por necessidade e frustração de toda e qualquer via negocial viram no direito de greve a válvula de escape no intento de serem ouvidos e terem suas reivindicações atendidas, haja vista este direito ser reconhecido por nossa Constituição e ainda amparada por lei específica.
    Portanto, que fique bem transparente que a decisão de continuação do movimento paredista motivou-se pela grande perturbação moral induzida pela indignação, aversão e repulsa causados por esta atitude maquiavélica, traiçoeira e sem piedade à renda já escassa dos servidores grevistas, que diga-se de passagem, muitos só dispõem da mesma para sobreviver e convenhamos caros amigos, todos nós somos seres humanos passivos de uma gama infinita de sentimentos, paixões e ações, sendo que fica a seguinte indagação, quais seriam as diversas reações (digo em caráter pessoal, pois cada um reage de uma forma) ao se presenciar o pranto amargo de pessoas amigas e companheiras, muitas delas de certa idade envolvidas neste processo, que se depararam com os recursos que sobrevêem sua subsistência mutilados e abduzidos lhes causando verdadeiro desespero e desamparo quanto a como enfrentarão o mês seguinte com todas as suas despesas e compromissos inerentes? Pois bem senhores, não sabemos se nossa reação enquanto trabalhadores em contenda fora provocada por razão ou emoção, mas fica bastante notório o sentimento de comoção provocado por esta insensata atitude da Administração Municipal que deixa pública e exposta a forma real como trata aqueles que seriam seus verdadeiros parceiros e colaboradores para o bom andamento na contrução e desenvolvimento de um bom governo.

    velho Isnande..., esses eventos em torno da semana da pátria estao acontecendo pela força e tradição da data... mas nota-se um enorme descontrole da situação do ponto de vista de organização. Se o 7 de setembro for exemplo do que aconteceu nos bairros... é feiura na certa. Tomara que de tudo certo, os alunos merecem coisa boa... e as fardas? até hoje os alunos estao esperando...

    Denilson, se houver a campanha de arrecadação, contribuirei com um pacote de 5kg de arroz.
    Temos que participar.
    Abraço.

    Blogueiro de Imperatriz says:

    Isnande,

    Esse Liberato é "dino" empresarial e um "matador" {quem fecha empresas usando de certas espertezas para se livrar de impostos) e o filho, por muito tempo viveu de agiotagem e tenho minhas dúvidas, se ainda não vive. Outra coisa: sabe porque a mulher dele (Liberato) não mora na cidade. Porque não gosta de Imperatriz, nem de sua gente. Quer dizer, os impostos do nosso povo paga os luxos da madame, lá nas Alterosas (Belo Horizonte).
    Agora que tem uma coisa estranha nessa greve dos funcionários da Receita, tem.
    - Por que eles nunca fizeram greve no tempo do ex-prefeito Ildon Marques?

    Blogueiro de Imperatriz
    blogueirodeimperatriz@gmail.com

    Maciel says:

    "Ao chegarem à praça foram abordados por policiais que faziam a segurança do evento que avisaram “se ocuparem o trajeto do desfile para manifestar serão tirados debaixo de cassetetes e presos”. Passado a recepção “calorosa” os manifestantes se acomodaram num local da praça com o caixão, algumas sextas básicas que haviam ganhado do comércio local e cartazes com dizeres: “Sorrimos com Madeira, hoje choramos na madeira”, “Zé Madeira, não mate os servidores de fome” e com panfletos que foram distribuídos as pessoas que passavam e fotografavam o caixão, acompanhados de perto por dois policiais que não arredaram o pé".

    Wilson Leite, fragmento de texto publicado pelo mesmo em seu blog.
    http://blogwilsonleite.blogspot.com/2009/09/mostra-de-independencia-dos-servidores.html

    MENINOS, EU VI!!! a truculência dos homens de farda perante ato espontâneo e pacífico de cidadãos trabalhadores que manifestavam sua repulsa e incontinência acerca da indiferença do governo tupiniquim, caros interlocutores, será que os tempos de outrora onde vigorava a censura explicita retornara? De certo, pois neste episódio a liberdade de expressão foi arrancada de nossa lei maior sendo a mesma arrastada e pisoteada sem piedade, ocasionando verdadeiro desreipeito a este direito tão duramente conquistado a sangue suor e lágrimas. Destar-te, senhores de sentimento solidário, abaixo fica a interpretação da terminologia CENSURA para que fique registrada e "acessas as lamparinas do juízo" [SIC] dos leigos ocasionais.

    Wikipédia:

    CENSURA é o uso pelo estado ou grupo de poder, no sentido de controlar e impedir a liberdade de expressão. A censura criminaliza certas acções de comunicação, ou até a tentativa de exercer essa comunicação. No sentido moderno, a censura consiste em qualquer tentativa de suprimir informação, opiniões e até formas de expressão, como certas facetas da arte.

    Reinaldo says:

    Hoje (08/09) mais uma vez os servidores fizeram sua manifestação na praça de fátima, detalhe, acompanhados novamente por seu inseparável colega o "zé receita" que repousava inerte em seu caixão. Depois de um momento ecumênico entre os grevistas envolta da urna funerária que comportava o desnutrido corpo do saudoso sindicalista zé receita, fora realizado cortejo que tomou a principal avenida da cidade, causando diversas reações na comunidade que acompanhava com estima e apreço o trajeto seguido por seus companheiros. Muitas foram as manifestações populares em apoio àquele que simboliza a luta de uma classe por respeito, melhores condições laborais, salários dignos e valorização enquanto trabalhadores, enfim, zé receita sempre será um ícone da labuta e combate aos opressores pós-modernos e contemporâneos. Todavia, seu legado sempre será lembrado servindo de incentivo e encorajamento para os diversos movimentos classistas que nutrem em seu ideal a consecução e aplicação dos direitos trabalhistas constituídos.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme