Quinta

A quinta promete. Imperatriz nunca viu tantos membros do governo estadual: governador, vice, secretários e adjuntos, todos envolvidos na mobilização, para o evento de logo mais.
Os partidos, sindicatos, associações e principalmente a prefeitura e o governo do estado promovem o grande ato de apoio ao governador do estado, com saída da Praça Brasil e caminhada em direção à Praça de Fátima.
Uma moradora da Simplício Moreira me informou que a rua estava repleta de ônibus, ali nas proximidades da câmara de vereadores, e me pergunta se isso faz parte da estrutura de apoio do evento jackista.
Eu na verdade não sei de nada. Vou dar uma olhada, se souber informarei mais tarde.

10 Response to "Quinta"

  1. Junior says:

    Professor,
    Acabe de ver a "manifestação"...A caminhada das mulheres do Ildão tinha mais gente, parece que mesmo com o derrame de dinheiro para fretes de ônibus, confecção de babdeiras, fechamento de colegios estaduais e liberação dos barnabés, não surtiu o efeito desejado.
    Alem do mais, de que serve essa manifestação a não ser para gasto do dinheiro público?
    Ou o Jackson acha que com uma passeata de 300 pessoas vai mudar a opinião do TSE?

    Professor,
    Disseram que a manifestação era popular, em plena quinta feira às 16hs, estranho, nesse horário a maioria dos trabalhadores estão em seus empregos. AH!!! mais tem os desempregados e os servidores públicos e comissionados vinculados à rede de apoio do governador cassado. Tá explicado, espero que o locutor empolgado ao invez de pedir à "multidão" que levante o braço que é contra a cassação, pergunte quem é comissonado levante o braço? Será constrangedor a disproporção dos eleitoras para os empregados do governo.
    Ficarei esperando sobre a informação dos ônibus questionados pela moradora da Simplício Moreira. Se possivel levante também de onde foi emitido os cheques?

    Saudações Socialistas

    Os ônibus foram realmente contratados, haviam também bandeiras, camisetas, cartazes, palco, som e iluminação.
    O custo foi alto.
    Eu gostaria de saber o que um ato de apoio, com poucas pessoas, pode ajudar na atual situação do governador?

    blogueiro says:

    Professor, mas vc como presidente de Partido da base aliado do Governador não deveria saber?

    Sou presidente do PT no município, mas não concordo com a participação do partido no governo e não participei de nenhum ato em favor do governador.
    E você, quem é?
    Assente seu nome na próxima, por favor.
    Regra do blogue.
    Abraço.

    Segundo Willian Marinho, 2.000 pessoas estiveram na passeata, segundo estimativa da PM.
    Segundo Elson Araújo, uma multidão compareceu ao ato.
    Vejam as fotos no blogue do Elson e tirem suas conclusões.

    Regina says:

    Professor Flamengo,

    Eu sou de um tempo em que militantes do PT adoravam organizar manifestações Brasil afora (hoje em dia deixam pro MST). Tudo era motivo pra marcha...Mas tanto antes quando agora, nunca fizeram um piquetezinho sequer sem que houvesse uma boa quantidade do vil metal envolvido...

    Conte aí, quantas manifestações, passeatas, protestos e afins já organizaram sem um tostão - seja de contribuição de dízimo partidário, imposto sindical ou recurso público.

    Tenho curiosidade acadêmica, professor, rsrsrs.

    (E o Bruno, heim...coisa feia né? Quando eu for pra final contra o Botafogo - de novo - vou puxar a orelha dele...)

    CARAS-DE-PAU E O ESPÓLIO DA VIÚVA

    Ontem, no ato público em repúdio à decisão política do TSE em cassar os diplomas do Governador Jackson Lago e de seu vice, evento "puxado" por partidos de esquerda, alguns caras-de-pau da tal Frente de Libertação limitaram-se a lamentar a queda do Governador e dizer que Imperatriz irá perder muito sem ele. Ou seja: "descansa em paz, Governador!! choraremos por você." Mas sabemos que eles estão de olho mesmo é no espólio da viúva. Caras-de-pau, de madeira de segunda. É claro que o esquema com a usurpadora já está montado.

    1-Regina, o Bruno pisou na bola. Desrespeitar uma figura como Andrade, foi o fima da picada.

    2-Agora sobre manifestações, sempre participei de movimentos, mas nunca me utilizei de verbas públicas para tal. Aliás, sempre que pude colaborei com meu partido.

    Regina says:

    Professor, não falo no particular (nem lhe conheço pra isso, oras bolas). Falo no geral...

    E também financiamento de eventos políticos podem não ser necessariamente pagos com recurso público. Simpatizantes, como você mesmo admitiu que faz ao colaborar com seu partido, ajudam.

    Não digo que esse é o caso específico, só afirmo que é possível organizar qualquer coisa sem recurso público. Tenho experiência em organização de eventos, é possível sim.

    Rapaz, eu acredito que você colabora com seu partido, sim. Se essa que vos fala compra no site do Flamengo pra colaborar com a construção do CT, pense!!! Pior que eu nem acho que sou besta, rsrsrsrs.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme