SECRETARIA DO SUL

A secretaria do sul do Maranhão continua como um grande cabide de emprego, fato que os sarneystas da cidade condenavam no governo jackista. A coisa se repete. Se o secretário Ademar Freitas decidir reunir seus assessores, terá que solicitar o auditório do Colégio Dorgival Pinheiro que fica bem próximo, devido ao grande número de auxiliares presentes na folha. Sem contar que precisa avisar os interessados com antecedência, pois muitos moram nos municípios vizinhos e nem sempre comparecem ao local de trabalho. No tempo de Jackson Lago, eram nove os motoristas nomeados, sendo que a secretaria não dispunha de veículos. E agora, quantos e quem são os nomeados? Ex-prefeitos, ex-vereadores e ex-secretários dependurados na teta gorda do governo roseanista.
Pimenta no rabo dos outros é refresco, os jornalistas sarneystas agora não dizem nada sobre o "grande cabide", talvez conseguiram uma daquelas tetas menores.

10 Response to "SECRETARIA DO SUL"

  1. Ola Isnandes, seria bom que vc que informace que a estrutura da Sec. esta ate menor que o governo dos Balaios, antes eram 11 adjuntos e agora são 8.

    WILLIAN MARINHO VIVIA CRITICANDO FERNANDO ANTUNES POR CAUSA DISSO, E AGORA O HOMEM SE CALOU, POR QUE SERÁ?

    Anônimo says:

    Isnande,

    O fotográfo Pinheiro é um dos pendurados no cabidal. Merece. É um lutador, apesar do seu papel infame de servir como "informante" de Ildon Marques. William Marinho é outro. Não reclama agora, por motivos óbvios.
    Agora, Isnande, imagina voce, uma célula tronco de macaxeira incubada com outra, de lagarta. Vai dar em que?
    Mas é assim mesmo, o (des)serviço público é um dia atrás do outro, e sempre, "primeiro os nossos". Aí não tem pecado, já que este mora ao lado (de lá).

    Abs,

    Roberto Mariano
    ref.mariano@gmail.com

    Grato pelo esclarecimento, Pinheiro.
    Recebi uma resposta enviada pelo meu amigo Marcelo Júnior, publico em seguida.
    Abraço.

    Olá, professor Isnande!
    Tenho um grande apreço pela sua pessoa, da qual me orgulho em ter sido seu aluno no antigo Cesfa, na década de 90.
    Lendo seu blog, e em função do seu “post”, segue alguns esclarecimentos...
    Quando criada em 2007, a Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento do Sul Maranhão, seria uma espécie de "ponte de ligação", entre as prefeituras municipais, lideranças políticas e sociedade civil organizada da região Sul do estado junto ao governo do Maranhão, para solução de uma série de demandas que afligem nossa comunidade. O que víamos, na prática, foi bem diferente disso... A Seedesma, virou uma "secretaria política" e infelizmente, um “cabide de empregos”. Foram agasalhados vários aliados políticos de Jackson Lago, derrotados na campanha eleitoral de 2006 e outros que estiveram ao seu lado naquele período. Poucos dos que foram nomeados pelo governador cassado, apareciam por ali para trabalhar. Apenas a resumidíssima equipe administrativa, que cumpria o seu papel institucional. O resto...
    Uma prova disso, foram as lamentáveis condições que encontramos no prédio onde a Seedesma funciona. A presença mais assídua que percebemos foi o MOFO. Em todo o prédio, sua presença era constante. Esse não faltou! Não havia um espaço do prédio da Seedesma, onde o MOFO não estivesse presente. E, mais! As salas totalmente abandonadas, computadores ultrapassados quebrados, mobiliário sem a menor condição de utilização. Se havia trabalho desenvolvido ali, não sei como era realizado, porque em condições físicas, ser humano nenhum suportaria. Pude constatar in loco quando o secretário Adhemar Freitas assumiu, o descaso com o qual os "balaios" cuidaram do prédio onde a própria secretaria que eles “trabalhavam” funcionava; o próprio ambiente de trabalho deles. Ou seja: Jackson esteve tão preocupado com a gestão da Seedesma, em realizar um grande trabalho, que sequer do prédio cuidou.
    Em 17 de abril de 2009, quando assumiu, a governadora Roseana Sarney manteve a existência da Seedesma, mas, na reforma administrativa feita no início do seu governo, enxugou a quantidade de cargos existente na secretaria de estado, eliminado o grandioso "cabide de empregos" do (des) governo cassado por corrupção de Jackson Lago. Um exemplo, são os adjuntos para articulação com os municípios, que deixam de ser onze, e agora são somente oito. Cargos, que ainda não foram completamente ocupados, para sua informação.

    Hoje, professor Isnande Barros a Seedesma tem uma gestão técnica / administrativa. Ali, os que foram nomeados por Roseana, ao contrário do que o senhor informa, que Adhemar Freitas "terá que solicitar o auditório do Colégio Dorgival Pinheiro que fica bem próximo, devido ao grande número de auxiliares presentes na folha", lhe esclareço que não há menor necessidade disso. Nenhuma mesmo! Isso é apenas uma utopia utilizada pelo nobre professor.
    Todos os servidores lotados na Seedesma, inclusive os adjuntos e mais o Gestores e Diretores regionais de órgãos do estado na Região Tocantina e a equipe da Secom em Imperatriz, já reuniram - se por três ocasiões no prédio da própria secretaria, para discutir uma série de assuntos relativos a otimização dos serviços prestados pelo Governo do Maranhão a população sul maranhense, além de medidas emergenciais, para reorganizar o caos administrativo deixado pelos "balaios". Uma prova, que a “grande número de auxiliares presentes na folha”, como senhor descreve, não existe. Para sua informação, a última reunião realizada ali, foi na semana passada.
    Na prática, para o senhor ter idéia, de como os auxiliares de Adhemar Freitas não precisarão ir ao auditório do CEEFM Dorgival Pinheiro, agora os servidores da Seedesma trabalham em um PRÉDIO COM REAIS CONDIÇOES DE TRABALHO, ONDE OS SERVIDORES PODEM DESENVOLVER SUAS FUNÇÕES COM DIGNIDADE E RESPEITO. UMA REFORMA FOI REALIZADA NO LUGAR, OS MÓVEIS RECUPERADOS, AS SALAS LIMPAS E OS COMPUTADORES RESTAURADOS. Com a limpeza, O MOFO, foi embora! Porque no prédio da Seedesma de Jackson, o que se via era o MOFO tomando conta do prédio.
    Rapaz, o que vimos somente em uma das salas do prédio, quando Adhemar assumiu, a quantidade de lixo, amontoados de cadeiras velhas, já mostra como era aquilo ali...
    Com relação ao carro da secretaria, realmente o senhor tem razão, professor. O único que servia o (des) governo Jackson, sequer o ex - secretário Fernando Antunes utilizava, de tão ruim que era. Quem o dirigia, era seu assessor de comunicação na época. Quando Adhemar o recebeu, foi obrigado a colocar imediatamente na oficina, para os devidos reparos. Todo o sistema elétrico do veículo pegou fogo. Não tinha manutenção.

    Aliás, professor Isnande – que constantemente nos cruzamos ali nas proximidades da Seedesma, já que o senhor dá aulas no CEEFM Dorgival Pinheiro – lhe convido para tomar um cafezinho conosco e constatar "in loco", que ali se trabalha AGORA EM DOIS PERÍODOS E TODOS OS DIAS, O SECRETÁRIO ADHEMAR FREITAS DESPACHA EM SEU GABINETE E SEUS AUXILIARES, DE FATO EXERCEM SUAS FUNÇÕES. Quem vai ou já esteve ali depois que Roseana assumiu, sabe muito bem disso, e o que não faltam são elogios a nova postura de trabalho exercida na Seedesma.
    E, para finalizar, não há nenhum jornalista lotado nos quadros da Seedesma no governo Roseana. No (des) governo Jackson sim, havia. E, o então assessor a época, era uma dos poucos que desenvolvia assiduamente suas atividades na Seedesma e diga - se de passagem e reconhecimento seja feito, realizava pela sua força de vontade, porque o (des) governo Jackson nem isso, deu condições de trabalho ao colega.
    Por isso, o senhor não pode afirmar que os jornalistas sarneystas agora não dizem nada sobre o "grande cabide", talvez conseguiram uma daquelas tetas menores".
    Pelo contrário, não queremos "tetas" grandes ou pequenas. Apenas, mostrar a comunidade e esclarecer ao senhor, que a Seedesma, no comando de Adhemar Freitas tem realizado o seu trabalho, seu servidores exercem suas funções e hoje, a gestão administrativa é bem diferente. È uma gestão técnica e de competência.
    Faça uma pesquisa professor, junto aos servidores concursados que ali estão lotados e são remanescentes ainda da extinta Gerência Regional, e constate a veracidade dos fatos.
    Há, também consulte os vereadores das câmaras municipais da Região Tocantina e os prefeitos – mesmo os "balaios" – e pergunte a eles, como tem sido o trabalho da Seedesma no governo Roseana e a atuação do Secretário do Sul do Maranhão e seus auxiliares. Creio, que o senhor irá se surpreender. Só na Câmara de Davinópolis, os vereadores foram unânimes em afirmar: nunca um secretário do sul do Maranhão, tinha ido naquela casa de leis, ainda mais por iniciativa própria, para uma visita de cortesia e prestigiar os vereadores durante uma sessão ordinária. O próprio Hamilton Miranda, presidente da Câmara de Imperatriz, reconheceu esse gesto.
    È assim, que não se trabalha na Seedesma, é só se recebe os salários, professor Isnande?
    Não! Não é mesmo! O senhor sabe disso.
    No mais, obrigado pelo espaço para os esclarecimentos, tenho um grande apreço pelo senhor, e sabes do carinho enorme que minha família materna nutre por você.
    E, o convite está de pé! Venha nos visitar no prédio da Seedesma do governo Roseana. Irá ver com os próprios olhos, que hoje ali se tem condições de desenvolver as ações do estado no Sul do Maranhão.
    Ah... ia me esquecendo! A equipe do Núcleo de Comunicação da Secom do estado em Imperatriz, também realiza suas atividades em uma das salas no prédio da Seedesma e ali trabalhamos de segunda a sexta, em dois períodos e em regime de plantão aos finais de semana.
    Essa, é só mais uma amostra, como esse governo, coloca o Maranhão de volta ao trabalho.
    O resto, é conversa pra boi dormir.
    Um grande abraço professor e até uma próxima oportunidade.
    Valew!
    Marcelo Júnior

    A resposta oficial da Secretaria do sul do estado, foi enviada por Marcelo Júnior e publicada na íntegra, nos 3 comentários acima.

    MARCIO BANDEIRA says:

    É... PONTE DE LIGAÇÃO!!! AINDA BEM QUE ELE NÃO FOI ALUNO DE PORTUGUÊS DE VOCÊ ISNANDE, SE NÃO ELE TERIA APREENDIDO O QUE É PLEONASMO VICIOSO!! ALÉM DO MAIS ESSE MARCELO NÃO É QUE DIZIA SER FÃ DE ZÉ REINALDO? PARA MIM ELE DISSE.

    Antonio Edgar says:

    Marcelo é um maior doido, lunático que ja ví em toda minha vida, o rapaz é tão fanático que dorme e acorda pensando na familia sarney, ele é parecido com os tucanos, defensores xiitas.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme