HONORÁVEIS BANDIDOS I

Sobre a batalha campal de ontem na UEMA-Imperatriz, protagonizada por "estudantes" contratados para ofenderem e agredirem o jornalista Palmério Dória, podemos acrescentar alguns detalhes:
1-A efetiva participação da Polícia Militar, que tendo que usar os recursos que tinha à mão, agiu de forma firme e competente em defesa do patrimônio público e da ordem pública. Atuação digna de aplauso.
2-Foram contratados 180 "estudantes" para promoverem a bagunça. Os mandantes utilizaram 02 ônibus e 04 peruas para o transporte dos desordeiros.
3-O reitor da UEMA ameaçou de demissão o diretor do campus de nossa cidade, o professor Expedito Barroso, caso o evento se realizasse na instituição de ensino superior.
4-Quando os "estudantes" começaram a atirar ovos em Manoel da Conceição, a reação dos universitários uemianos foi dura. Os desordeiros foram retirados do auditório na base do sopapo. Depois da taca feia que levaram, voltaram em grupo e foram rechaçados pela PM.

6 Response to "HONORÁVEIS BANDIDOS I"

  1. Anônimo says:

    Deixaram para trás uma mochila que foi recolhida por um dos policiais.

    No interior da mochila havia 800,00 reais.

    Presumi-se que cada baderneiro tenha recebido o agrado de 1.000,00,além de transporte gratuito, para abrilhantarem o lançamento do livro.

    Os rapazes mal educados eram oriundos dos municipios de Pio XII,
    Peritoró,Santa Inês e Alto Alegre.

    Lamentável!

    prof.Magno Urbano

    Anônimo says:

    Sr. Isnande,
    E fato que você é contra a familia Sarney. Agora achar "vantagem" na ação dos estudantes uemianos (na maioria decanos por pura incompetência)por eles terem agredido quem quer que seja é no mínimo ultrajante. Qualquer violência gratuita tem que ser abolida. E se a Roseana tivesse alguma coisa a ver com essa manifestação, pode ter certeza que a policia teria escolhido um lado, e pode ter certeza, não seria o dos decanos da EUMA.
    Agora me responda: Por que desse ato agora? Não é política? Você já falou para os seus filhos que apoía um candidato (Flávio Dino) que não acredita em Deus? Você também desacredita da existência Divina?

    Por favor, esclareça para mim, assíduo leitor do seu blog esses questionamentos.

    Roberto Brandão - comerciante

    Sr. Roberto Brandão, eu também condeno a violência. Eu apenas destaquei o que houve na UEMA.
    Quanto ao meu voto, eu sempre defendi a candidatura de Flávio, sou cristão e no que diz respeito ao voto dos meus filhos, não interfiro, cada um com suas preferências.
    Sobre Flávio ser ateu, eu não sei de onde partiu essa informação;
    Sendo católico ou evangélico, o senhor votaria em quem afiança todas as suas ações com o "pai" em Codó?
    No mais, Sr. Brandão, agradeço pela visita e pelo comentário.

    Anônimo says:

    ok.
    Grato pela resposta e pela sinceridade em assumir o seu lado. Isso mostra que todos os seus posts aqui apresentados são tendenciosos. Mas não discordo, e a velha máxima da farinha pouca, meu pirao primeiro. A propósito, você acha que a Terezinha se elege? Sem a verba da "viúva" que o Jomar usou quando prefeito?

    A minha posição política sempre foi clara, sendo um dos primeiros a defender a Terceira Via - aliança PCdoB e PT.
    Quando à minha posição ser tendenciosa como o senhor chama, aqui expresso minhas opiniões e as defendo - assim como o senhor tem direito de defender as suas.
    E sobre a eleição de Terezinha o povo é soberano, votarei nela e farei campanha da forma que estiver ao meu alcance. Vamos aguardar.
    Mas o senhor não respondeu se votaria em um candidato que toma decisões em sua vida depois de se "consultar" em Codó.
    Agradecido.

    Anônimo says:

    voto sim. Como disse e uma questão de ponto de vista. Grato pela sua posição verdadeira. A democracia faz o resto

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme