LAVA-JATO

A Secretaria de Planejamento Urbano e Meio Ambiente deveria fiscalizar com mais atenção aqueles pequenos empreendimentos comerciais que limpam e lavam automóveis na cidade . A preocupação com o fim dado aos resíduos e à água servida é mínima - bem perto de zero. O sujeito compra um aspirador de pó e uma máquina de lavagem de carros e começa a trabalhar na calçada de casa, lançando na rede coletora de águas pluviais aquela água contaminada com carbono e outros resíduos sólidos. Os vereadores poderiam criar uma lei municipal, disciplinando a abertura de novos e o funcionamento daqueles que existem e funcionam de forma irregular.

0 Response to "LAVA-JATO"

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme