PSB X MADEIRA

Conversei com um militante do PSB, a situação anda complicada entre o partido e o Governo Madeira, que não teria agradecido o empenho de militantes e candidatos a vereador na disputa municipal em que saiu vitorioso. A participação do partido no governo, segundo a fonte, é nula, pois os cargos não foram colocados à disposição do partido e sim do militante do partido Carlinhos Amorim. A Secretaria de Governo ocupada por ele e a presidência da Fundação Cultural de Imperatriz ocupada por Antônio Lucena, não foram cargos oferecidos ao partido. Não houve discussão interna sobre cargos a serem ocupados pelo partido, inclusive o ex-presidente da legenda em Imperatriz, Atenágoras Batista teria sido colocado à margem do processo de escolha dos nomes. Logo ele que teria feito tanto esforço pela candidatura de Carlinhos Amorim, em detrimento da de Madeira- na famosa campanha do "ganha-ganha", por ele criada.
Restou o sentimento de que a saída de Edmílson Sanches e a chegada de Carlinhos Amorim no PSB fez parte de uma operação orquestrada por Sebastião Madeira e Ribamar Alves para levar o partido ao ninho tucano nas eleições de 2008. O professor Nonato falava isso desde Fevereiro de 2008, agora em Janeiro de 2009 parece que até Neudson Claudino e Bananeira estão desconfiados que a operação deu certo. Coincidência: os cargos ficaram com antigos militantes tucanos.

0 Response to "PSB X MADEIRA"

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme