FANTÁSTICO

Novamente na mídia nacional. Reportagem do programa global Fantástico, revela a situação desesperadora da situação da saúde em Imperatriz e no nosso estado, onde por falta de UTI, já morreram 17 crainças em 2010 e 41 morreram em 2009. Os dados são da Justiça Federal. Aparecemos feios na foto.

10 Response to "FANTÁSTICO"

  1. Anônimo says:

    Talvez saia matéria na revista Veja.

    Só assim ao invés de inaugurarem Salão de Beleza e aquário de peixes da região, inaugurem leitos de UTI.

    Todo mes vem de Brasília dinheiro para ser destinado à saúde.

    O que está sendo feito com esse dinheiro, Madeira?

    Luis Carlos Noronha Mendes

    Anônimo says:

    Imperatriz não tem Secretário de Saúde e Prefeito?

    Isso é uma vergonha!!!!!!!!!!!!!!

    Ariosto Bandeira (Bacuri)

    Anônimo says:

    Mas onde está o grande hospital que o governo do estado anunciava, para Imperatriz, em sua campanha publicitária, do jeito que o narrador falava, parecia que já estava quase pronto...

    Marcelo Lira

    José Vicente Barros says:

    Parabéns para o prefeito Madeira, que retirou Dr, Mamede e colocou Cândido Madeira. Esse rapaz é quem manda na saúde.
    Já imaginou se essas mortes tivessem acontecido no tempo dele. De qualquer forma, Madeira já merece um troféu. parafraseando nosso presidente Lula: "nunca, antes,na história desse país, morreu em tão pouco tempo, tanto gente por falta de UTI's. Cadê a transparẽncia? eles nunca informaram a população da primeira morte. Nem da segunda, nem ...
    Me responda professor, porque nos municípios em que médico vira prefeito, a saúde é ruim? Olha o tamanho da lista: Dr. Holanda e Emiliano em João Lisboa? Dr João e Dr. Benedito no Estreito? Dr. Sansão no Sítio Novo? Dr. Marconi no Amarante? Dr. Valter Maxell em Açailândia?

    É professor, UTI neles.

    Markinhos says:

    Cadê o povo que tava dizendo que ia "MUDAR IMPERATRIZ"??

    Que coisa feia! Termos o nome de nossa cidade, manchado em rede nacional, pela incompetência e irresponsabilidade de meia dúzia.

    O MADEIRA deve no mínimo explicações ao povo Imperatrizense!!

    Ah! É verdade. Eles estão mudando Imperatriz para pior!!

    Anônimo says:

    Caro Professor,
    Paixão politica a parte, analizemos os fatos:
    1-A gatora que infelismente veio a falecer era de Ulianopolis-Pa outro estado, a prova que Imperatriz virou ponto de referencia em atendimento pelo SUS, Já que deixam de ir para outras regiões do estado do Pará para virem aqui para o Maranhão.
    2-Porque o governadora Ana Julia não foi procurada para falar do êxodo que existe na região sul do estado em relação a saúde pública? Pau de dá em chico não é o mesmo de dá em francisco?
    3-A governadora Ana Julia não é do PT?
    Gil Rodrigues

    Não importa a cor partidária, os governos federal e estadual possuem sua parcela de culpa. Se Imperatriz atende os vários municípios de Pará e Tocantins, isso precisa ser pactuado e os recursos direcionados para quem atende. A governadora do Pará apanhou mais do que macaco para conhecer nota de 100, até ajustar o sistema que atende a grande Belém. Precisamos pressionar mais. A governadora do Maranhão começou a tomar providências e liberou 5 milhões, a pergunta é: pq só agora?
    Vamos ao debate.
    Abraço, amigo Gil Carvalho.

    José Vicente Barros says:

    Isnande,

    O Gil Rodrigues está analisando os fatos não a partir da ocorrência e sim da defesa, quer defender, ou melhor, desculpar um mal que perdura. Com a saída do ex-secretário, varreram o lixo para debaixo do tapete, e parecia, por blindagem, que tudo estava penteado e de unhas feitas, essas mortes, provaram que está tudo igual. Vai estourar depois das UTI's, o escândalo dos fornecedores. É aguardar!

    Meceno says:

    é meu povo, a mídia local diz que a culpa não é da PMI, porém o ministério público entendeu o inverso, tanto é verdade que expediu uma liminar para assegurar a internação da menor numa UTI. afinal estamos falando de uma vida, seja do tocantins ou do pará ou de Imperatriz, onde fica o juramento médico? falar que ela é de fora só aumenta a culpa, pois, nos coloca como maus recepcionistas, se os pais a trouxeram é porque de alguma forma acreditavam na saúde de Imperatriz e nós passamos um atestado de incompetência. Pena! Pena! por favor não digam que ela morreu porque era de fora que fica pior ainda afinal soa discriminação.

    Anônimo says:

    A maioria das crianças mortas no Paracetamol de Imperatriz eram da cidade.

    Ainda bem que a Promotoria entrou em ação.Se não fosse a Promotoria a imprensa do Madeira iria continuar falando do Salão de Beleza e do Aquario(a grande reforma do hospital) maquiando as mortes dos filhos dos pobres com a anuencia da imprensa leviana e comprada com nosso dinheiro.

    Todo mes vem para Imperatriz milhões para a saude.O que está sendo feito com esse dinheiro???

    Essa cidade tem prefeito???

    Pierre Proudhon

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme