MARQUISE I

Os diretores da empresa vieram de jatinho e foram direto para a prefeitura. Dizem que a conversa foi dura, mole foi a desculpa dos diretores da empresa. Alegaram que a empresa é grande que atua em vários ramos, que tem milhares de funcionários, que desconheciam as denúncias...
Colocaram uma nota paga nos principais canais de televisão, deram entrevistas em todos os canais da cidade, e não conseguiram enganar nem o Elias do Boi.
Hoje na audiência pública, apareceram mais 40 ex-funcionários, todos demitidos de forma arbitrária - alguns foram demitidos mesmo estando doentes.
E os chefões não sabiam de nada?
Vai faltar óleo de peroba na cidade.

3 Response to "MARQUISE I"

  1. Dessa vez eu concordo.... Esses caras tem que sair de Imperatriz e colocar o Lideral para fazer, sendo ele um prata da casa....

    Arnaldo says:

    Boa tarde professor,
    Gostaria de expor 2 pontos que faz parte do atual momento vivido pela cidade, o primeiro ponto é a marquise, e o segundo a greve dos vigilantes.
    No caso marquise descordo de voce em alguns momentos. Vendo a materia do bandeira 2 me revoltei ao ver aquela cena de um pai de familia diante de uma situação dolorosa e contrangedora, um fato inadimissivel é logico, agora assistindo a sessao da camara de ontem(quarta feira) me surpreendi com tamanho estardalhaço feito pelos vereadores e algumas pessoas "ligadas a imprensa". Fico com a pulga atraz da orelha ao ver que tudo isso só veio a tona agora ha dois meses ante de uma licitação. É publico e notorio as empresas e os nomes dos interessados em tudo isso, daí professor alegar que colocaram uma midia paga?? desde quando existe midia gratuita na tv e no jornal? As insjutiças que aconteceram deve ser apuradas e os responsaveis devem ser punidos, o outro detalhe é a greve dos vigilantes, hoje as 14 horas indo para o trabalho me deparo com uma carreata de manifestação dos vigilantes passando pela bernardo sayão, impressionante, nunca vi tanta policia na minha vida, era força tatica, duas viaturas da policia militar, os motoqueiros da pm, tudo pra repremir os vigilantes em busca de melhoria salarial, eles nao aceitaram o grandioso aumento no tiket proposto pela classe patronal: O impressionante aumento de 10 centavos. É brincadeira... vamos bater nessa tecla tambem professor e esquecer as mafias de interesses dessas empresas que ficam se degladeando pra comer a falecida prefeitura...
    Muuuudaaa Imperatriz
    Arnaldo Santos

    Arnaldo, te garanto que eu não tenho interesse nessa briga. Quanto aos problemas dessa empresa, isso é assunto antigo.
    Noventa e cinco por cento dos demitidos, o são por justa causa.
    O ministério público do trabalho foi acionado várias vezes por descumprimento da CLT, obrigando a empresa a assinar vários TAC's.
    Como foi pra imprensa, a cidade resolveu discutir o assunto de forma concreta.
    Existem outras que não respeitam o trabalhador, no comércio quase todas.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme