AGOSTINHO NOLETO

Durante a cerimônia de transmissão de cargo o professor Domingos Bandeira foi provocado por Agostinho Noleto e respondeu à altura. O novo diretor regional de educação solicitou de Bandeira que apresentasse um balanço do que ele deixava de realizações para a nova gestão. Bandeira, sempre polido e educado, disse que o momento não era o adequado para balanços, e sim para despedidas e boas vindas. Domingos Bandeira arrematou, "esteja pronto para desafios e dificuldades e tenha certeza que encontrará muita dedicação e entusiasmo por parte de professores e gestores". Agostinho contribuiu e muito com a educação da cidade, lembram do famoso filé de merluza???
A posse do novo diretor regional de educação se deu na semana passada e já começou a corrida por cargos de diretores e vices das escolas da cidade.
Esse povo do Sarney... Arrogância total!!!

3 Response to "AGOSTINHO NOLETO"

  1. "Não quero ter razão, quero ser feliz" "O preço do feijão não cabe no poema..."

    Gullar também é do grupo Sarney professor.

    Eu não conheço bem a obra de Gullar. O conheço mais pela sua participação política durante a ditadura em defesa dos esquerdistas. Sua articulação com Boal na criação do Opinião o faz respeitado na cena cultural brasileira.
    Quanto ao seu posicionamento em relação aos Sarneys, desconheço.
    Valeu, abraço.

    Jorge Furtado says:

    Caro Isnande,

    Na verdade, eles tiveram juntos na juventude, onde ao lado de Bandeira Tribuzzi, José Bento e outros, fizeram parte do movimento literário difundido pela revista A Ilha, que lançou o pós-modernismo no estado. Mas pelo que se conta o posicionamento politico não era o mesmo.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme