CEDO???

Cedo
Também ainda é muito cedo para os partidos começarem a cobrar da nova administração, até porque, como foram governo, não têm toda esta condição moral de cobrar o que não foram capazes de fazer. O PT e o PCdoB, ou outros pês, deveriam ficar na deles e esperar a hora certa para criticar ou fiscalizar. Ou será que se esqueceram como foi o governo petista?


FONTE: O PROGRESSO. COLUNA: FORA DE PAUTA. DATA: 26/05/2009

Essa maravilha de análise foi pelo jornalista Willian Marinho, os grifos são meus. Eu como presidente do PT não tenho "condição moral" para cobrar promessas do governo tucano, mas o nobre jornalista tem "condições morais" para me apontar o dedo mesmo depois de ter feito parte do maravilhoso e honestíssimo governo do senhor Ildon Marques. E qual a hora certa para criticar um governo, depois de um ano? dois anos? Ou depois de acabado o governo? E fiscalizar, pode depois de 1 ano?
Menos Marinho, menos! Você foi extremamente deselegante. 

5 Response to "CEDO???"

  1. josé says:

    Dinheiro, só pode ser dinheiro. O cara que defendia o Ildon com unhas e dentes e queimava o Madeira todos dias, só pode ser dinheiro. Ou, então ele tá com raiva porque não recebeu um cargo importante no governo rosengana.

    André says:

    Mas vc queria o que, Isnande?
    Vindo dessa peça rara, o jabazeiro Willian Marinho, não se podia esperar outra coisa.

    Caro Isnande, não fiz criticas sobre vc, apenas lembrei que os dois partidos não a voce.
    Tenho feito criticas também sobre Ildon a quem acho que ficou a dever e muito e e se ele estivesse fazendo a mesma proposta, pode ter a certeza que iria dizer que o momento não foi adequado e sim, esperar, pois também deixou muito a deseja.
    E quanto a cobrança, formando fiscalização, acho prematuro, afinal, são apenas quatro meses.
    Mais, propostas são para serem discutidas e debatidas e não como meta de ponto final.
    Tenho apreço a vc não de agora, ou como político, mais como colegas de aulas,jogos escolares, enfim e o que comentei não foi considerado por mim como deselegante e sim um ponto meu.
    abraços.

    Uma vez o dono do jornal O Progresso referiu-se a mim, numa roda em uma mesa de bar, que no jornal dele qualquer pessoa escrevia qualquer porcaria. Mirou no que viu, acertou no que não viu.
    Depois desse dia jamais a "expressão regional" viu uma linha de um texto meu.

    Ta explicado, Marinho.
    Abraço.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme