SABONETE DO PADRE

Dois padres foram tomar banho, mas esqueceram o sabonete. Um dos padres falou:
- Vou buscar dois no meu quarto, fica logo ali no fim do corredor.
Como eles estavam com pressa para irem a missa, o padre foi buscar os sabonetes pelado mesmo.
Na volta, com os sabonetes um em cada mão, ele deu de cara com três freiras que estavam indo para a missa. Sem ter o que fazer se fingiu de estátua. As freiras olharam e comentaram entre si:
- Nossa que estátua linda, perfeita - foi quando uma delas ao olhar o bimbo do padre, resolveu dar um puxão. Ao sentir a dor, um sabonete escorregou da sua mão. As freiras espantadas falaram:
- Não é uma estátua, mas sim uma máquina de sabonete.
A outra deu um novo puxão e outro sabonete escorregou..
- Nossa, que maravilha!, exclamaram com felicidade.
A terceira freira, não querendo ficar para trás, puxou o bimbo do padre, nada; puxou, e nada; puxou e nada; e puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou, puxou e disse:
- Deus seja louvado, tem até shampoo!
Colaboração: Paulo Menis

0 Response to "SABONETE DO PADRE"

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme