CAVALO DE AÇO

Depois que o deputado estadual eleito Léo Cunha abandonou a presidência do único time profissional da região, um grupo de torcedores assumiu a administração da Sociedade Imperatriz de Desportos. Eu falei que essa mistura de candidato a cargo eletivo com time de futebol nunca prospera - e cantei a bola, quando ele conseguir o seu objetivo, arruma uma desculpa qualquer e larga o time no meio do caminho. Aconteceu. Léo Cunha venceu o pleito para o cargo de deputado estadual em sua segunda disputa e a desculpa já estava costurada. Bastou um assessor criar o factóide e depois ele chama uma entrevista coletiva e apresenta a já esperada renúncia. Já vai tarde. Esperemos que esse grupo que se apresenta agora, não seja de aproveitadores, que os seus componentes tenham interesse em ajudar o time mais amado da cidade. E se estiverem esperando ajuda do governo estadual e da prefeitura, tirem o cavalo da chuva - as burras estão vazias e futebol,  definitivamente, nunca deu voto para candidato algum.

1 Response to "CAVALO DE AÇO"

  1. elio torres says:

    olha sem a torcida o leo jamais seria reeleito embora isso fosse carta marcada, mais manter um time por 5 anos e muito dificil mesmo sambendo que sua verdadeira inteçao era puramente politica.agora isnande o cavlo de aço e sem duvida a melhor opçao politica pra quem e desconhecido entrou lar e noticia que us diga us inlustres que por la passaram!!!

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme