CONDENAÇÃO

Do blogue do jornalista mirantiano Décio Sá, colho a notícia sobre a condenação do jornalista e presidente do PCdoB em São Luís, Márcio Jerry, no processo por difamação movido pelo ouvidor do município, Daniel Souza. A acusação se refere a um artigo onde Márcio se refere ao então assessor do Sindicato dos Professores, chamando-o de "lombrosiano". Segundo o blogue, Daniel se sente "presenteado com a condenação de seus agressores". Entrei em contato com Márcio Jerry, que se disse surpreso com a condenação e que a única forma de pagar uma quantia tão alta seria dispor de seus cd's musicais e dos seus livros." Considero a condenação exagerada, descabida e absurda, vou recorrer da sentença."
Foto: blogue do Décio Sá


Foto: Davison
Leia mais no link abaixo.

18 Response to "CONDENAÇÃO"

  1. Me chamem de lombrosiano. Por vinte mil vale a pena e eu tenho paciência de esperar.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Nem sonhando kkkkkkkk

    Davison says:

    Eu gostaria muito que o ouvidor Daniel Silva tivesse ouvidos para os infinitos problemas que o governo tucano enfrenta. É uma pena que um governo eleito para mudar Imperatriz, só aparece na mídia com escândalos e picuinhas.

    Isnande, não posso te chamar de lombrosiano pq os meus cd´s são na maioria "cópias".

    Além do mais, vai que um dia resolvo chamar o ouvidor de lombrosiano e não os terei mais pq já paguei os cd´s pra tua sentença...
    Deus que me livre....

    Anônimo says:

    pronto!!!!!!!
    agora o ouvidor surdo inventou uma fórmula de ganhar mais dinheiro....

    Lamento Isnande mais não posso te chamar de lombrosiano pq os cds piratas que eu tinha o davison me tomou !!!!!!!!!
    como é que eu vou pagar minha sentença?
    Pennseeeeeeee numa perseguição!!!!!!!!!!!1

    Anônimo says:

    o anônimo acima: Helton Coelho

    Patrícia says:

    Acredito na política como instrumento de transformação da sociedade. E na democracia como ferramenta indispensável dos nossos debates. É uma pena que o Ouvidor do Município não entenda que é um homem público e por isso é passivo de críticas que muitas vezes se manifestam duras.
    Perseguir aqueles que os combatem é uma prova de comportamento anti-democrático, frágil e mesquinho.
    Esse é o secretariado do nosso prefeito eleito para mudar Imperatriz.
    Espero também não ser processada por alguma coisa que possivelmente tenha me excedido.
    Um abraço lombrosiano para você Isnande. Só pra você, pro Ouvidor não, ele é muito zangado.

    A palavra além de esquisita é cara...rs se bem que Daniel mereceu. O que é lega nem sempre é justo.

    Meceno says:

    vamos combinar um negócio, esse Marcio Jerry faria a mesma coisa se fosse com ele, lembro muito bem da sua truculência quando era secretário do Jomar. pessoal ai da prefeitura ou do estado lembrem-se o poder é efêmero (esse é meu consolo).

    Concordo em número e Grau com Meceno, só quem tem pouca memória ou finge que não lembra a arrogância do então super-secretario Marcio Jerry. Foi condenado???? Pois pague!

    Anônimo says:

    é verdade xerxes, tú já é arrogante sem ser secretario. Chama o seu ouvidor surdo de lombrosiano pra tu vê? Tenta falar alguma coisa que vai de contra o governo madeira.
    Tu tem pelo menos cd?
    pq livro eu sei que não
    abraço amigão
    parabens pelo seu programa

    Helton Coelho
    UEMA

    maria aparecida says:

    vinte mil,foi pouco.

    Maria Aparecida, imagina só
    tu respirar, e depois tu ter que pagar 20 mil pila.
    você sabe o que é democracia na sua essência?
    me desculpe, não sou a favor de chingamentos,e acho que isso nem seja, mas se um ser humano que nem o Daniel Sousa escolher ser uma pessoa pùblica ele tem que aguentar isso ai.
    Isso que o Daniel fez é sinal de despreparo politico, e de arrogância politica.
    abraços Maria Aparecida

    Anônimo says:

    AGORA ENTENDI PORQUE, A OUVIDORIA DE ITZ NÃO OUVE NINGUEM , SOBRETUDO O CLAMOR POPULAR SOBRE O CAOS DA SAUDE E A CRATERAS COLETIVAS DE ITZ, O HOMEM QUE RECEBE PRA OUVIR ,ESTÁ OCUPADO EM GANHAR DINHEIRO FACIL , DAQUELES Q LHES DIRIGEM CRITICAS, SE ELE PROCESSOU ALGUEM COM CRITICA SUBJETIVA E ININTELIGIVEL AOS OLHOS DO SENSO COMUM , IMAGINE SE DISSER Q ELE É UM OUVIDOR MOUCO E INCOMPETENTE…MAIS PODE PROCESSAR VIM DO PARAGUAI ESSA SEMANA , ESTOU COM MUITOS CDs PRA COBRIR A INDENIZAÇÃO.abração prof adonilson

    Calma gente, não confundam as coisas.
    Uma coisa é a pessoa não gostar de outra, como vejo alguns dos que comentam esse post que me parecem tem grande aversão pelo Ouvidor e até aproveitam para demonstrarem sua posição pólítica em relação ao governo Madeira. Outra é a lei, a Justiça e a demanda entre dois jornalistas, homens públicos. Sem querer entrar no mérito, nem a favor ou contra um dos dois dos contendores (Daniel Souza e Márcio Jerry), vamos incialmente ao termo Lobrosiano:
    Cesare Lombroso foi um médico italiano que especializou-se em criminologia. Tornou-se mundialmente famoso por seus estudos e teorias no campo da caracterologia, a relação entre características físicas e mentais. Ou seja, o criminoso teria, segundo ele, “cara de criminoso”. Para ele o homem já nascia com forte tendencia a ser psicopata.Cesare Lombroso tentou relacionar determinadas características físicas à psicopatologia criminal, assim como a tendência inata de indivíduos sociopatas e com comportamento criminal.
    "Estigmas físicos" do criminoso nato: forma ou dimensão «anormal» da calota craniana e da face; fartas sobrancelhas; molares proeminentes; orelhas grandes e deformadas; dessimetria corporal; grande envergadura de braços, mãos e pés.
    "Estigmas psíquicos" do criminoso nato: sensibilidade a dor diminuida; crueldade, leviandade, aversão ao trabalho, instabilidade, vaidade, tendências a supertições e precocidade sexual; os criminosos formavam um tipo antropológico unitário; o verdadeiro criminoso é nato. A teoria de Lombroso nunca foi comprovada, até hoje é altamente contestada, mas muita gente se aproveita dela para xingar desafetos. Foi o caso ai me parece de Márcio Jerry em relação ao Daniel no programa do Connor Farias.
    Segundo, isso aconteceu ha quase 8 anos. De lá pra cá os dois vem se encontrando na Justiça, culminando com a recente sentença em nível local, o que significa que ainda existem outras instancias de recursos para Márcio Jerry. Daniel era assessor do sindicato dos professores, naquele momento em desavenças com o governo Jomar, do qual Jerry era secertário. Portanto nada tem a ver o governo Madeira com essa briga. Finalemnte, Mais uma vez, sem entrar no mérito deixo uma pergunta:depois dessa explicação, quem gostaria de ser chamado de Lombrosiano?

    Passos says:

    Professor,

    É certo que Daniel Souza não é flor que se cheire. Mas esse processo, é anterior
    a sua atuação como ouvidor.
    A propósito: o que é lombrosiano, mesmo?


    Passos

    josué de moura, concordo plenamente com o que você falou,mas convenhamos, o tanto de processos que existem hoje emperrados na justiça mais intensos do que este e o seu Daniel ainda vai atrás dessas coisas. A verdade é que é bom que se faça uma avaliação do perfil de quem trabalha no governo madeira. Esse legalismo todo dele acaba por atrapalhar movimentos mais significativos para um projeto social de cidade.Ele fazer isso por caudsa de um termo que é desconhecido para a grande maioria da população. Se fosse assim eu tinha que processar uma gama de pessoas por me xingarem,isso é uma besteira politica,que nao deveria acontecer, essa palavra lombrosiano é até muito engraçado
    estas são palavras sinceras
    valeu Josué
    isso é só questão de bom senso

    Só para seu conhecimento caro Helton, eu como jornalista fui muitas vezes processado, mas em nenhuma delas eu tiro o direito (o "jus esperneandi" )de quem se achou ofendido.
    O ex-secretário de governo de Ildon Marques Jairo Oliveira me processou porque em um program de TV, que eu comentava todos os dias, eu disse que ele era um camaleão, havia mudado de cor, não era mais o mesmo homem da chamada "Revolução de Janeiro". Esse processo ainda rola, mas acho que caducou; Luciano Lobão me processou porque num artigo de jornal eu o chamei de bobo e inexperiente politicamente; Finalmente ainda rola contra mim um processo do Juiz Joaquim Filho (atual da vara da fazenda pública de Imperatriz) por que numa matéria em que ele era acusado de ter agredido fisicamente um idoso eu escreví com o título -'Mais uma do "dotô" Joaquim' -. Ele se baseia apenas no termo "dotô" para se achar moralemnte diminuído, nem contesta a acusação da agressão ao ancião. Veja então que em Imperatriz as pessoas litigam por tudo, não é só o ouvidor que exige reparação moral, no que é um direito líquido de qualquer pessoa.
    Abração a todos e dou por encerrado (de minha parte) o debate.

    Isnande por favor retire o último post pois me expressei mal, o individuo pode pensar que estou fazendo alguma afirmação sobre sua sexualidade, na verdade quis dizer que ele nunca entrou no meu quarto (onde fica meus livro), portanto, não poderia afirmar se tenho ou não.

    Obrigado.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme