A VELHINHA NA UNIVERSAL

Uma velhinha comenta sobre sua situação aflitiva com um amigo, que é obreiro da Igreja Universal: 
- Estou numa maré braba meu fii. Estou sem crédito na praça, devendo pra todo mundo. Não vejo solução. Já pensei em me matar. Estou sem dinheiro, cheia de contas e carnês atrasados. Empréstimos, já fiz uns três.  Perdi a esperança! Acho que já estou doente e vou morrer mesmo... 
O religioso diz, "calma! Não é nada disso... Você precisa de ajuda espiritual. Você conhece a minha igreja? É pertinho da praça Brasil, quase em frente ao Hotel Posseidon. Na terça-feira, tem a "Sessão de Descarrego", onde todos são curados e aliviados, são muitos pastores orando, um ambiente de muita fé. Vai lá, tia. Vamos lhe salvar!
Na terça-feira, a velhinha vai ao templo no horário combinado. 
No meio do culto é chamada ao palco e um pastor a agarra pelos cabelos, sacode e pergunta:
- Qual é o seu problema?!! 
Ela diz: - Dívidas, pastor, tenho muitas dívidas.
O pastor começa a orar, gritar e sempre sacudindo a cabeça da coitada, diz: 
- Sai desse corpo, demônio! Disaloja! Esse corpo não te pertence! Em nome de Jesus, te afasta desta alma boa e caridosa! E colocando a mão em sua testa, grita mais alto ainda... Estou ordenando, em nome de Jesus , Disaloja!... Disaloja!... DISALOOOOOJAAAA!!!
E a velhinha não suportando mais os berros e os puxões no cabelo, diz baixinho: 
- Paraíba, Liliani, Gabrilela, Óticas Maia, Marisa, Mercearia São Raimundo, Farmácia Bom Preço e três empréstimos no Banco Cacique.

0 Response to "A VELHINHA NA UNIVERSAL"

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme