JACKSON LAGO

Jackson
Por Edson Vidigal 
Só há tempo para o viver. Entre o nascer e o morrer só o tempo para o viver. Nascer é chegar ao mundo, abrir-se para a vida e seguir o destino pela estrada que, um dia, terá fim. Ou nunca terá fim.
Para muitos, a estrada tem fim. A viagem acaba com a chegada da morte. Nascer não é inevitável. Morrer para muitos é inevitável. Há aqueles para quem a estrada nunca acaba porque apesar da morte, prosseguem.
Prosseguem no exemplo, nos ideais de luta, não a luta pelo mal aos outros, mas a luta buscando o bem dos outros.
O Jackson se inscreve agora entre aqueles para quem a estrada da vida não acabou. Aqueles que sobrevivem à própria morte.
O Jackson médico, trabalhou seu oficio curando doentes, ajudando a salvar vidas, espantando as lamurias que a morte leva às casas dos enfermos.
O Jackson professor soube inspirar seguidores, disseminando o que aprendeu em técnicas, erudição, experiência e conhecimentos.
O Jackson político, que administrou a Capital por três vezes, sempre bem avaliado, era querido pela população porque fazia da política não a arte do possível como muitos ainda entre nós a praticam no mal sentido, achando que esse possível se encerra na possibilidade das coisas sempre para eles, a favor deles, do patrimônio político e também do patrimônio pessoal deles.
O Jackson político fincava sua ação em princípios rígidos, dos quais ninguém o arredava. Não concebia a vida política fora dos parâmetros republicanos e democráticos.
Homem público, no exemplo que o Jackson buscava intensamente transmitir, não podia ter outros compromissos que não os fossem, primeiramente, com o coletivo. Era assim, beirando muitas vezes a um remansoso romantismo, o seu jeito de gerenciar a coisa publica.
Antes da morte física de agora ha pouco, o Jackson já havia sofrido uma tentativa de morte política quando lhe arrebataram covardemente, ainda no primeiro biênio, o mandato de Governador eleito pela maioria do Povo do Maranhão.
Depois, nas eleições seguintes, ele novamente concorrendo para se submeter a um novo julgamento, querendo tirar a prova dos nove, foi vitima de novo atentado com a bazófia da inelegibilidade que lhe inventaram e que a morosidade judicial ajudou a prosperar.
O Jackson não era inelegível coisa nenhuma. Eu me esguelava garantindo isso nos comícios, na campanha inteira, ao lado dele.
Quando a Justiça eleitoral, em sua fama de que tarda, mas não falha, mas falhando porque tardia, disse que não havia mesmo inelegibilidade nenhuma contra o Jackson, a tendência forte que antes lhe era favorável já se contaminara pela mentira espalhada pela má fé e, assim, perdia apoios.
Assim, derrotado, covardemente derrotado, logo no primeiro turno, o Jackson gladiador da resistência republicana e democrática no Maranhão foi a nocaute.
O que lhe causou, enfim, a morte física não foi o câncer que já acompanhava e com o qual convivia em alguma harmonia há algum tempo. Nem a pneumonia que se aproveitando da sua baixa resistência decorrente da quimioterapia.
O que o abateu mesmo foi a depressão profunda em que mergulhou decepcionado com os falsos e envergonhado por ter dedicado todo o tempo em que passou palmilhando a estrada na luta pelos outros e vendo a vitoria definitiva quase chegando ter acreditado em uns tantos em quem não valeu a pena confiar.
Como naquele verso de Fernando Pessoa, estou hoje perplexo como quem pensou, achou e esqueceu...

3 Response to "JACKSON LAGO"

  1. Anônimo says:

    Falou e disse Isnande! Nos sentiremos muita falta do ainda do Dr.JACKSON O NOSSO BOM VELINHO.
    MAS DEUS HA DE CONFORMAR A FAMILIA DELE E O POVO Q O AMAVAM E DE PERDOAR OS
    PECADS DELE!


    ROSINHA DO CENTRO!

    elio ntorres says:

    conhecie jackson nos corredores da radio imperatriz em 1990 quando fui de uma forma temporario comentarista esportivo da pioneira ele e conceicao andrade vie nele um cara simples e jamais imaginei que ele poderia gonvernar o maranhao com suas mumunhas e artimanha mas pra nos ele deixa um legado forte o estadio frei epifanio um sonho pra os desportsta tenho um depoimento do meu compadre ary aragao que ouvio quando tentaram fazer apenas um remendo em vez de uma reforma digna da nossa torcida ele falou o povo de imperatriz merece algo melhor isso que estar aiih e um feito do dr jackson lago que deus o tenha em um bom lugar,,,,,,,,,,,,

    Olá,

    Já estamos o seguindo e parabéns pelo blog

    Jailson Mendes
    Agência de São João Batista-MA
    www.agenciadesjb.blogspot.com

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme