PROERD

Proerd formará 1.850 alunos das redes estadual, municipal e particular de Imperatriz
O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) formará 1.850 alunos das redes estadual, municipal e particular de Imperatriz. A solenidade de formatura será realizada às 16 horas de terça-feira, 28, no Templo Central da Igreja Assembléia de Deus, localizada no Centro.
Durante o evento os alunos do Ensino Fundamental assumirão o compromisso através de juramento de dar continuidade ao objetivo do programa que é de promover a valorização da vida e dizer não ao uso de drogas e da violência. Na ocasião o diretor regional da Fundação Bradesco doará um veículo Gol zero quilômetro, 4 computadores e vários equipamentos de informática para o Proerd. 
A cerimônia contará com as presenças do comandante geral da PMMA, coronel Franklin Pacheco; do coordenador estadual do Proerd, tenente-coronel Silva Filho; do diretor do Colégio Militar Tiradentes de Imperatriz, capitão Alan Ferreira Camelo, participarão também autoridades civis e militares, professores, pais e convidados.
O programa tem caráter social e preventivo posto em prática em todos os estados do Brasil, por policiais militares devidamente selecionados e capacitados. É desenvolvido uma vez por semana em sala de aula, durante quatro meses em média, nas escolas de ensino público e privado para os alunos que estejam cursando o 5º ano do ensino fundamental.
Através do livro do estudante Proerd, os conteúdos são desenvolvidos de maneira dinâmica em grupos cooperativos, em que nas aulas são realizadas atividades voltadas ao desenvolvimento das habilidades individuais para que a crianças e os adolescentes possam tomar suas decisões de forma consciente, segura e responsável. As aulas do Proerd foram aplicadas pelos instrutores Brandão, Joaquim, Dantas, Pedro e Loane. (ASCOM)

3 Response to "PROERD"

  1. Anônimo says:

    Pois então Isnande... A iniciativa sem dúvida alguma é boa! Mas calcule aí 1850 crianças X R$ 25,00... É o preço que cada uma tem que pagar para receber o "diploma". Se esse programa é desenvolvido por semestre, quanto não será arrecadado no final do ano? O que tem sido feito com esse dinheiro? Essa taxa é cobrada porque recebi um boleto para fazer esse pagamento que, segundo a escola, vai direto para o Proerd. Alguns dirão que é pouco, mas quando se multiplica pela quantidade de alunos, conclui-se que é um bom dinheiro, vc não acha???

    Anônimo says:

    Belissima iniciativa.Tem todo meu apôio.Vamos livrar nossa cidade dessa maldição que é a droga!

    prof.Magno Urbano

    Anônimo says:

    Maravilha isso pelo menos algum incentivo as pessoas terão pra se livrar das drogas, sou uma ex viciada, mas atualmente estou em recuperaçao. E valorizo tudo relacionado ao combate as drogas. Parabenizo todos e a iniciativa foi nota 1000.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme