DAVI, DENIT E A BR-010

O jornalista Carlos Gaby colocou em pratos limpos a história da famosa "Travessia Urbana de Imperatriz", obra que custaria 250 milhões de Reais e seria executada pelo DNIT, atendendo uma indicação do então deputado federal Davi Jr. Esse era o principal assunto na campanha de reeleição do deputado em 2010 e alguns canais de TV repetiam exaustivamente aquelas imagens tridimensionais da futura obra. Passada a eleição, eu questionei o deputado sobre a obra e ele falou que tudo estaria encaminhado e que antes do final de 2010 a obra seria licitada - o questionamento foi feito via Twitter. Na época fiz uma nota falando sobre o tema e transcrevendo a resposta do deputado. Eis que agora o ex-diretor do DNIT informa: "Sobre a BR-010, lá no Maranhão, a única determinação que recebemos foi de fazer o projeto da travessia urbana de Imperatriz. Ponto. Não tem autorização para licitação, não tem recursos em orçamento e essa obra não está contemplada para execuções de obras no DNIT”, disse Luiz Antônio Pagot em depoimento na comissão do Senado Federal. E agora deputado, como explicar essa fraude? Como um deputado pode apresentar como sua - da sua cota de emenda parlamentar uma obra de custo tão alto? Se ainda fosse uma emenda de bancada... Quem acreditou, caiu no verdadeiro conto-do-vigário. Mais detalhes, no blogue Prensa Libre.

1 Response to "DAVI, DENIT E A BR-010"

  1. Pagot ainda não foi demitido, mas tudo indica que será, assim que voltar de suas férias.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme