ELEIÇÃO TRANSVERSAL VI

A convenção do PMDB deu e continua dando o que falar. Logo cedo, acamado, recebo um telefonema: "manda notícias sobre a convenção, meu vizinho acaba de chegar de lá, Ildon saiu de cabeça baixa". Depois do resultado oficial, 30 X 13, consigo conversar com um dirigente de alta patente do PMDB imperatrizense, que fala sobre os detalhes do jogo bruto que foi a convenção: "agora ele aprendeu a respeitar os homens que fazem o partido em Imperatriz, eu jogo isso e futebol", desabafou com euforia. Outro destaque da convenção, foi quando o ex-prefeito se dirigiu a um ex-secretário do seu governo e disse na bucha: "eu não preciso do seu voto", a resposta foi contundente, "e não o terá". No seu discurso, o ex-prefeito se disse traído pelas lideranças estaduais e nacionais do partido, de quem esperava o socorro providencial. Agora resta aos peemedebistas que ficaram do lado do partido, juntarem os cacos. Correr contra o tempo para tornar conhecido o nome que escolheram, pois os derrotados já montaram barraca em outras plagas.

1 Response to "ELEIÇÃO TRANSVERSAL VI"

  1. Anônimo says:

    EU NÃO VOTO NO ILDÃO , E ESSA HISTÓRIA DE CABEÇA BAIXA, NÃO É VERDADE. O PISADA FOI MUITO CONDTUNDENTE E FIRME E FALOU COMO UM LIDER.QUER GOSTEM OOU NÃO O CARA MOSTROU QUE NÃO É TRAIRA COMO O MADEIRA.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme