CRIME

Esse fato precisa ser apurado pelo Ministério Público, pois trata-se de um fato que atenta com a integridade de animais domésticos. E a empresa tem obrigação de emitir nota pedindo desculpas e apresentando as providências que serão tomadas.
OLA PROF. BOA NOITE, ESTOU LHE ESCREVENDO PARA RELATAR UM FATO QUE ME CHOCOU MUITO E GOSTARIA SE POSSÍVEL QUE O SR. PUBLICASSE NO SEU BLOG. OS GARIS NA ÚLTIMA QUARTA-FEIRA AO RECOLHEREM O LIXO NA MINHA RUA (RUA C, Nº16 - SANTA RITA) PEGARAM MEUS 2 GATOS - QUE ESTAVAM NA CALÇADA - E OS ATIRARAM NA CAÇAMBA DE LIXO. FUI ATÉ A LIMPFORT, POIS APENAS UM VIZINHO VIU. FUI MAL RECEBIDA PELO FISCAL QUE DISSE P/ MIM PROCURAR MEUS DIREITOS E QUE A EMPRESA NÃO TINHA NADA COM ISSO. PROCUREI UM EX-PROFESSOR, QUE ME INDICOU UMA ADVOGADA. EU VOU ATÉ O FIM PARA MOSTRAR QUE TODO SER VIVO MERECE RESPEITO. O PROBLEMA É QUE O VIZINHO QUE VIU NÃO QUER SE ENVOLVER E DISSE QUE NÃO IRÁ TESTEMUNHAR.  ABRAÇO.

3 Response to "CRIME"

  1. Oi, por favor,divulga esse texto no seu blog. É sobre o professor que foi assassinado no Tocantins, um caso de homofobia, foi o companheiro dele quem escreveu.
    http://www.estoriasdeaprendiz.blogspot.com/2012/02/liberdade-para-matar.html

    Anônimo says:

    É incrivel a falta de caráter desse tipo de gente capaz de fazer mal a um animal indefeso. Em Imperatriz são cada vez mais comuns casos de maus tratos e violencias contra animais, e a tendencia é so aumentar por conta da impunidade. Recomendo ir até o fim, pois a empresa vai ter q tomar alguma providencia, e assim os malandros pensaram duas vezes antes de praticar outro crime desses.

    Ivanildo Tavares

    tucano tocantinense says:

    Deu no blog de Jonh Cutrim.

    Madeira nega aliança com o grupo Sarney e dispara: “quem fala isso é a esquerda que arrebentou Imperatriz” http://www.jornalpequeno.com.br/blog/johncutrim/?p=27141

    Publicado em 17 de fevereiro de 2012 por John Cutrim

    O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), entrou em contato com o titular do blog na manhã de hoje para desmentir a informação de que teria feito um acordo com a governadora Roseana Sarney visando as eleições de 2012 (municipal) e 2014 (estadual). As especulações foram noticiadas na imprensa da região tocantina.

    Segundo foi divulgado, o acordo consistiria em Madeira ceder, nas eleições deste ano, a vaga de vice-prefeito na sua chapa ao PMDB do grupo Sarney. Se eleito, Madeira entregaria a prefeitura para o vice em 2014 e sairia para a eleição estadual, onde poderia candidatar-se novamente a deputado federal, disputar o Senado Federal ou sair na condição de Vice-Governador.

    Em conversa com o blog, o prefeito Sebastião Madeira negou de forma veemente a informação. De acordo com ele, não existe aliança fechada com o grupo Sarney com vistas às eleições.

    “Tudo isso é mentira. Não negociei a vaga de vice com ninguém. Nunca falei com a governadora sobre aliança. Pelo que sei o partido dela [PMDB] tem candidato próprio, que é o Ildon Marques [ex-prefeito]”, afirmou.

    Liderando, ao lado de Ildon Marques, todas as pesquisas eleitorais na segunda maior cidade do Estado, Sebastião Madeira disse que não faz sentido algum abandonar a prefeitura caso seja reeleito. “Caso vença novamente a eleição, se for da vontade da população, permanecerei os quatros anos na prefeitura, até o dia 31 de dezembro de 2016. Já fui deputado quatro vezes, e para o senado só há uma vaga. Portanto, não tem nexo isso”, asseverou.

    Madeira esclareceu ainda a parceria institucional que a Prefeitura de Imperatriz mantém com o governo do Estado. Na opinião do prefeito, a cidade enfrenta muitos problemas e somente com os recursos do tesouro municipal não seria possível solucioná-los.

    “A governadora Roseana Sarney tem mostrado disposição em ajudar a cidade e eu não posso recusar parceria. Mesmo eu sendo um prefeito de um partido adversário, a governadora não tem hesitado em colaborar com a nossa gestão.”, ressaltou Madeira. “Ela tem nos respeitado e eu respeitado ela, então se ela vier aqui não vou me esconder”, completou.

    Quanto às acusações de que com a suposta junção com o grupo Sarney (fato já desmentido) estaria traindo a oposição e o ex-governador falecido Jackson Lago, Madeira contestou: “Nunca deixei o Jackson. Quando ele precisou, fui o primeiro a dar meu apoio, inclusive dentro do PSDB, que queria lançar candidato próprio a governador. Com minha participação o Jackson tirou 75% dos votos para governador em Imperatriz”, lembrou. Em seguida, o prefeito arrematou:

    “Quem fala isso de mim é a esquerda inconformada, que arrebentou Imperatriz. Tiveram a chance e arrebentaram a cidade”, disparou Madeira, ao concluir dizendo esperar que os partidos parceiros como PDT, PSB, PPS, PP possam continuar juntos com ele.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme