AMARAL RAPOSO

Acabaram com umas das mais tradicionais escolas públicas da nossa cidade. O Centro de Ensino Médio Amaral Raposo não existe mais. Ficaram apenas os registros dos que ali estudaram, desde a antiga Escola Técnica de Comércio, passando pela Escola Técnica Amaral Raposo, que depois de "estadualizada" pelo então governador Ribamar Fiquene, se transformou no atual C.E.M. Amaral Raposo - também chamado "Raposão". Os professores, os diretores, os pais e, principalmente os alunos, ficaram chocados com a medida, mas nada resta a fazer a não ser lamentar, já que em um governo autoritário, o que menos vale é a opinião dos interessados e envolvidos nas questões. Parabéns governadora, por isso Imperatriz lhe ama. O castigo vem a cavalo.

3 Response to "AMARAL RAPOSO"

  1. Luciana says:

    É PROF. ESTIVE LÁ SEMANA PASSADA, OS BONS TEMPOS DO RAPOSÃO VAI FICAR SÓ NA HISTÓRIA...

    Anônimo says:

    No Maranhão de Sarney, a administração pública, comandada pelo mesmo grupo, sempre, consegue proezas, entre as quais fechar hospitais, escolas e delegacias. Na década de 90 uma das edições do "desgoverno" ROSEANA derrubou o complexo policial situado na rua Sousa Lima e o manteve como obra inacabada durante anos, como retaliação política. Quem não lembra? Bom, eu lembro! O governo somente terminou a contrução daquele edifício precário porque ocorreu um crime de mando (coisa corriqueira na cidade) que atingiu uma pessoa importante e a sociedade manifestou-se exigindo justiça (aí o "desgoverno" lembrou que havia derrubado a delegacia); na última edição da administração do cassado ILDON MARQUES, capacho de ROSEANA na região, ele fechou e derrubou um hospital, qual seja, o pronto socorro materno-infantil (quem não lembra? Eu lembro!) sob as desculpas mais esfarrapadas; agora o sistema educacional "fodástico" comandado pela oligarquia conseguiu fechar uma grande escola de ensino médio, bem no Centro da cidade (que ainda é de analfabetos e semi-analfabetos e de jovens que mal concluíram o ensino médio), embora existam várias faculdades. Show de administração e competência. Eleitor, lembre-se que pistolagem e execuções de mando, não são novidade em Itz., muitos menos homicídios em torno de 100/ano; crianças atropelando-se e morrendo em hospitais por falta de atendimento são uma constante; e jovens que param de estudar no ensino fundamental sobejam na pujante Imperatriz. Fechamento de hospitais, sucateamento do aparato de segurança, fechamento de escolas? Como? Por quê? Imperatriz não merece. E aí eleitor? Vai encarar?
    Marlon Roberto.

    Anônimo says:

    Eu não entendi a razão de tanta polêmica, talvez eu não esteja por dentro do assunto e espero explicações se for o caso. O que está sendo divulgado é que o Estado e o Município estão negociando um repassando alunos do ensino fundamental e também prédios e outro está recebendo alunos e também prédios e vice versa. Ora se os entes federativos estão de comum acordo e estão fazendo no intuito de melhorarmos o sistema então qual a razão das críticas. É por causa do prédio? da pintura? Pelo que sei o Colégio Militar é uma boa coisa que veio para Imperatriz e com o novo prédio ou se deslocando para o prédio do CEM Amaral Raposo que já do Estado aumentará para duas mil vagas. Que perdoem a minha ignorância mas tem gente que gosta de criticar somente por criticar ou talvez para aparecer, talvez por causa de necessidade pessoal de falar por falar.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme