CARLOS HERMES SAI DO PT

Prof. Carlos Hermes
Foto: Facebook

Carlos Hermes é professor de História, formado na UEMA-Impearatriz, é escritor, blogueiro e militante social. Iniciou a carreira política no movimento estudantil da cidade e foi dirigente do PT local. Na semana passada deixou o PT e se filou ao PCdoB, partido pelo qual disputará uma vaga na Câmara Municipal de Imperatriz. Sobre a mudança de partido e a conjuntura política local ele assim respondeu ao blogue:
1 - O que motivou sua saída do PT? 
Saí do PT por aos poucos ter perdido a crença, a paixão que sempre me motivou. Essa desmotivação me fez desacreditar que a resistência ao avanço da oligarquia sobre o partido em todo o Estado tenha vida longa. Não acredito que o PT resistirá, sobretudo em cidades menores onde o poder da máquina das prefeituras sarneystas pesa muito sobre os diretórios. Sou muito movido pelo que acredito, e na atual conjuntura histórica do Maranhão não acho possível se entregar por completo a um projeto de derrota da oligarquia Sarney. 
2 - Isso significa um rompimento com o grupo do ex-prefeito Jomar Fernandes?
De modo algum. Jomar foi a maior liderança de oposição a oligarquia em Imperatriz, por isso sofreu os desgastes causados pela mídia e a estrutura política e econômica do grupo na cidade. É claro que não é a mesma coisa de estar no mesmo partido, mas continuaremos na mesma linha política e todos os petistas continuarão a ser meus companheiros. O PT de Imperatriz é uma exceção a esse contexto estadual e nacional, pena que por estar tão isolada não se sabe até onde vai a resistência que ora se mantém firme. 
3 - E a sua candidatura a vereador, como fica? 
Continua com todo gás, claro que saindo do PT perdi a maior base de apoio partidário, havia um grupo forte decidido a ir à luta e nos eleger vereador de nossa cidade, mas Imperatriz nos conhece temos trabalhado firmemente desde a última eleição em quem fui bem votado. No PCdoB tenho grandes amigos e gente disposta a caminhar conosco, além de outras lideranças que se filiarão para estarmos juntos. 
4 - Qual o futuro do PT em nossa cidade? 
Não me sinto capaz de responder a isso. Paradoxalmente, saio, mas torcendo pelos que ficam, não saí pra ser anti-petista ou jogar pedras. O PT de Imperatriz tem o melhor presidente de sua história, o professor André Santos, uma turma firme e determinada a ver o final do enredo. Se dependesse só do diretório de Imperatriz eu seria um eterno petista. Tomei uma das decisões mais difíceis de minha vida com base numa leitura política de futuro . Como historiador, sei que estamos prestes a virar uma página da história do Maranhão, não quero participar disso pela metade. A história dirá se foi acertada. 

11 Response to "CARLOS HERMES SAI DO PT"

  1. ex aluno says:

    Isnande,agora o Professor Carlos Hermes,assume de vez o seu lado de comunista as claras,sem a vergonha de ser um comunista enrustido,com vontade de repetir a historia de um Stalin,Pol Pot,e outros grandes humanistas da historia,que assassinaram 125 milhoes de inocentes durante 80 anos de comunismo pelo mundo.
    Mas graças a Deus,aqui no Brasil restou um grupo dessas pessoas convictas,talvez não muito convictas,para reimplantar o comunismo no mundo.Tralhadores do mundo,UNI-VOS.Quero ver as atitudes do professor,no seu dia a dia,e veremos,o tanto que é diferente o que ele prega do que ele faz.Mas a vida é assim mesmo.Deverá continuar morando aqui em Imperatriz,porem não deixando de ter uma dacha no Camaçari,onde terá varios servidores para atender a ele e seus familiares.Construirá uma réplica do muro de Berlim ,lá no Estreito,para que ninguem fuja para o sul do país.Grande professor Carlos Hermes,sucesso.Espero conseguir fugir 3 dias antes.Do seu ex aluno.

    Anônimo says:

    Com certeza o mundo vai acabar.

    Anônimo says:

    Ora, senhor Carlos Hermes, o Jomar foi o pior prefeito de Imperatriz com certeza, pois faliu a prefeitura elegendo sua mulher deputada federal e o povo que não é bobo deu a resposta nas urnas dando migero cinco mil votos.
    LUCIANA ALBUQUERQUE

    Caro ex-aluno,

    O comunismo como propôs karl Marx
    nunca existiu na prática, o que você aponta são dados errôneos e equivocados do stalinismo, esse sim regime ditador que perdurou na União Soviética e Leste europeu por muitos anos. Regime esse não menos ditador que seu capitalismo. A contradição nisso é que mesmo sem a liberdade necessária ao livre pensamento,mesmo não sendo o Marx e, mesmo, Lenin pensaram conseguiu ser menos ruim que liberalismo, no quisito divisão da riqueza entre os que a produzem.

    Defendo a socialização da riqueza entre os trabalhadores que produzem de fato, sem com isso tirar a liberdade de expressão tão necessária à boa existência humana.

    Se fosse mesmo meu ex-aluno não falaria tanta asneira de mim, saberia o que faço no meu dia a dia desde os meus 16 anos lutando por uma sociedade melhor. Pra melhorar minha vida meu caro, eu trabalho e muito.

    Você nunca foi e nem será meu ex-aluno e sim um leviano deprovido de coragem que se esconde atrás de um anonimato.

    Não faço mal a ninguém, mas exijo o respeito de dispenso a quem merece.

    eterno ex aluno says:

    Isnande,peço desculpas por ocupar o teu blog,para falar com o Carlos Hermes.É que ele não publica meus comentarios ,pois acho que ele sente muita vergonha sobre o que fala e pratica.
    Outro dia ele escreveu a palavra suar,quando queria dizer soar.Hoje tenho que lembrar ao meu querido mestre que a palavra quisito,soará muito esquisito,pois a forma correta de expressar é quesito.
    Mas são coisas da vida ,e da lingua pátria.
    Se o professor prometer,ser mais democrático e mais cortez comigo,prometo-te não mais perturbar,se não,peço desculpas ,e abusarei da tua boa vontade.
    Ao meu eterno professor,espero que seja mais coerente entre o seu discurso e sua pratica de vida.
    Eterno ex-aluno do professor Carlos Hermes Said.

    Anônimo says:

    Ao "eterno ex aluno" do Carlos Hermes, pretenso guardião da língua pátria, seria de alvitre também, como seu ex-mestre, estudar um pouco mais nosso idioma. O adjetivo "cortês", pessoa educada, refinada, não se escreve com "z", e sim com "s". O sujo falando do mal lavado.

    Anônimo says:

    Na condição de presidente municipal do PCdoB, quero manifestar todo o meu apoio ao professor Carlos Hermes. É um orgulho para a direção do PCdoB receber em suas fileiras uma pessoa com o caráter, a formação e a história do Sr. Hermes. Quanto àqueles que se escondem atrás do anonimato, não merecem sequer resposta, pois são covardes e não respeitam as pessoas.

    Clayton Noleto

    es aluno do professor Carlos Hermes says:

    Isnande,ao meu respeitoso anonimo das 11:30,quero informar-lhe,que eu não sou guardião da lingua pátria,porém,gosto de praticar o português quinhentista.Não sei se e percebido pelo prezado anonimo?
    Agora é necessário um complemento à palavra alvitre,para que a frase seja compreensível.Ex aluno do professor Carlos Hermes.

    Anônimo says:

    Não discuto a pessoa do Sr. Carlos Hermes. Mas o Carlos blogueiro e político é um tremendo de um bossal, se acha a última coca-cola do deserto. Um pelego doido pra virar Lorde.

    ex aluno says:

    Isnande,discordo do aninimo das 11:56. Ele pode ser tudo,menos boçal com 2 esses.Ex aluno

    Anônimo says:

    O Professor Carlos Hermes deixou o PT por ter perdido a crença e a paixão que o motivava...Pois é. Depois do apoio que os petistas deram aos Sarney -- os quais foram considerados durante muito tempo os responsáveis pela triste situação de miséria do Maranhão -- os petistas que têm alguma vergonha na cara deveriam deixar este PT, que agora só pensa em poder e dinheiro vindos de práticas, digamos, nada republicanas...
    Fiquem de olho. O mensalão será julgado. A petistada e o resto do Brasil enxergarão de fato quem é o verdadeiro PT...

    Marcone Evaristo.

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme