COMÉRCIO INFORMAL

Aqui na avenida Getúlio Vargas estão loteando a frente das lojas. Segundo os camelôs eles estão pagando para a prefeitura por espaços na avenida - onde já se viu isso...? Os comerciantes estão todos revoltados e vamos tomar atitudes como ir para a imprensa e buscar nossos direitos judicialmente, se não resolverem logo isso. Se fosse pra colocar mercadorias em frente às lojas nós colocariamos as nossas e não as dos feirantes. Pagamos IPTU, INSS, ICMS, ISS, encargos dos funcionários, energia, água, aluguel (caríssimo) pra vir esse transloucado secretário despreparado legalizar o ilegal e o pior em frente aos comércios de gente que apoiou essa gestão. A quem o Sr ENEAS quer enganar? a Nós ou ao prefeito? fazendo isso ele está com certeza querendo aparecer para se aproveitar de alguma forma nas proximas eleições arregimentando votos dos camelôs. Devem perguntar para ele se aceitaria que colocassem barracas com mercadorias ilegais em frente a sua escola (RUI BARBOSA) ou mesmo em frente ao shopping Tocantins onde ele e sua esposa prestam serviços pra administração. A exemplo de todos os anos passados os camelôs já estão invadindo a avenida visando o Natal, quando a rua fica parecendo uma feira livre, feia, desorganizada e com a ilegalidade imperando, enquanto o secretário faz de conta que nada está acontecendo. Quem chega em Imperatriz pensa estar numa currutela pois não existe código de postura e o que tem o próprio secretario está fazendo o favor de acabar. 

1 Response to "COMÉRCIO INFORMAL"

  1. Luciana says:

    FAço minhas as palavras de Pedro Simon:Sou obrigado a reconhecer que, com toda a corrupção que vejo de um tempo para cá, aquilo que encontramos no governo Collor deveríamos ter enviado para o juizado de pequenas causas!
    (Senador Pedro Simon)

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme