Frente de Imperatriz tenta renascer das cinzas

Neste momento estão reunidos no restaurante Farol representantes do PSB, PCdoB, PT e PSDB e o deputado João Batista. É talvez a última tentativa de unir esses partidos em um projeto único visando as eleições de outubro. O encontro foi oficialmente organizado pelo PSB.
A situação é esta: PT, PSB e PCdoB assinaram protocolo de intenções dizendo que vão "marchar juntos" nas próximas eleições com um projeto mais voltado à esquerda. Esses partidos reclamam que o deputado Sebastião Madeira se considera o candidato natural da natimorta Frente de Libertação de Imperatriz, atropelando os outros pré-candidatos dos demais partidos. Os tucanos acusam o PT de ter implodido a Frente, quando articulou a fomação deste bloco de partidos de esquerda.
Fora o PP que, evidentemente, não faz parte do bloco de sustentação do governador Jackson Lago, os demais partidos dizem que tentam afinar o discurso e recompor a Frente, em nome da derrota do sarneysismo local. Dizem, mas não querem. Primeiro porque há uma distância programática muito grande entre o que pretende o PSDB e o que querem PT, PSB e PCdoB.
O que parece se construir novamente é mais um round da disputa entre as três principais forças políticas da cidade. A escalação é assim: pela direita PMDB, DEM, PP. Pela esquerda, PT, PSB, PCdoB. Na meia-direita, PSDB. O PDT ainda não sabe se quer jogar recuado ou se quer ser atacante e vai deixar o treinador decidir no minuto final da prorrogação. O PCB abriu mão de jogar pela esquerda na primeira convocação e corre o risco de ficar, de novo, no banco.

COPIADO DO BLOG DE MARCOS FRANCO
PUBLICADO DIA 01/05/2008

0 Response to "Frente de Imperatriz tenta renascer das cinzas"

Tecnologia do Blogger | WordPress by Newwpthemes | Converted by BloggerTheme